21.3 C
Funchal
Terça-feira, Abril 23, 2024

Tulipa: “Se nós não fizermos coisas diferentes, não vamos ter resultados diferentes”

Relacionadas

Na conferência de imprensa de antevisão à partida entre Vizela e Marítimo, agendada para próximo sábado (15h30), o treinador verde-rubro, Tulipa, foi questionado se os jogadores que permaneceram no plantel insular já ultrapassaram mentalmente o facto de terem descido de divisão e respondeu que o segredo para a recuperação da confiança dos futebolistas passa por ele.

“Às vezes o luto para umas pessoas demora uma semana, para outras um mês e para outras demora muito mais. Nós enquanto profissionais de elite, temos que sair rapidamente dessas situações que foram dolorosas. Temos que passar para outra”, começou por dizer.

“O clube apresenta condições de enorme qualidade e possivelmente é dos clubes que melhor condições de trabalho dá. Nós, agora, até mudamos a nossa estada para o estádio e fazemos toda a nossa vida aqui [Barreiros] e temos uma riqueza muito grande ao nível de instalações. Nós queremos também que o nível competitivo interno dos jogadores e do nosso staff seja elevado, tendo em conta aquilo que é a exigência do clube. Nós temos que dar passos em frente para desenraizar algumas ações e hábitos que tínhamos antigamente, as coisas, infelizmente desenrolaram-se para esta situação e, portanto, se nós não fizermos coisas diferentes, não vamos ter resultados diferentes. O segredo começa por mim, ter a capacidade de animar estes jogadores, de lhes dar confiança, de implementar uma ideia que seja capaz de convencer a parte intelectual deles, para além de trabalho, disciplina e criatividade”, concluiu.

- Pub -

Últimas