24 C
Funchal
Terça-feira, Abril 23, 2024

Romain Salin de saída do Marítimo após assalto à sua residência em França

Relacionadas

Tal como o JM noticiou na edição impressa deste domingo, 27 de agosto, o guardião Romain Salin, que regressou ao Marítimo em julho, vai rescindir o contrato com os madeirenses, após a sua casa, em França, ter sido assaltada com familiares presentes, confirmou hoje à Lusa fonte oficial do clube.

 

O guardião gaulês, de 38 anos, regressou ao Marítimo nesta janela de transferências, assinando um regresso sete anos depois ao emblema insular.

O rompimento precoce da ligação entre as duas partes teve como justificação o pedido de regresso de Romain Salin ao seu país, após a sua família ter sido assaltada na sua residência, situação que mereceu a compreensão dos ‘leões’ do Almirante Reis.

Romain Salin chegou pela primeira vez ao Marítimo na temporada 2011/12, tendo iniciado a campanha 2013/14 ao serviço do Rio Ave, onde permaneceu até janeiro, regressando à ‘Pérola’ do Atlântico’ onde permaneceu até 2016.

Após deixar os ‘leões’ do Almirante Reis, rumou aos franceses do Guingamp, seguindo-se o Sporting de 2017 a 2019, regressando a França no mesmo ano para representar o Rennes, onde ficou ao longo de quatro anos, tendo o vínculo contratual terminado em junho último.

O guarda-redes francês, que vinha a ser titular, foi suplente não utilizado na partida diante do Benfica B, disputada hoje, para a terceira jornada da II Liga de futebol, mas deve rumar à sua terra natal na próxima semana.

O conjunto insular deverá regressar ao mercado para encontrar uma solução para a baliza nesta reta final de transferências, após a saída consumada de Marcelo Carne, que rescindiu, rumando ao Estoril Praia.

- Pub -

Últimas