21.4 C
Funchal
Segunda-feira, Maio 27, 2024

Ben Dhiman venceu o MIUT 2024

Relacionadas

Na estreia na Madeira, o atleta norte-americano, em representação da ASICS, completou a prova principal do MIUT em 13:52:46 horas. O melhor português foi Nélson Santos, atleta do Runners do Demo, que ficou “fascinado” com a organização da prova

Ben Dhiman venceu a prova dos 115 km do Madeira Island Ultra-Trail. O norte-americano não deu qualquer hipótese a partir do Pico Ruivo, sobretudo após a desistência do português Miguel Arsénio, que aconteceu no Chão da Lagoa, devido a problemas de ordem física.

Durante a madrugada, o norte-americano e o português Miguel Arsénio tinham travado uma interessante luta pelo 1.º lugar, mas com a desistência do atleta luso, Ben Dhiman acabou por ficar ‘sozinho’ rumo à vitória nesta 15.ª edição do MIUT.

O norte-americano completou os 115 km da prova principal do MIUT em 13:52:46 horas, ainda longe do recorde alcançado pelo compatriota Jim Walmsley em 2022, com 12:58:14.

No 2.º lugar dos masculinos da prova 115 km ficou o norueguês com o tempo de Sebastian Krogvig 14:12:54 horas. A fechar o pódio ficou o francês Martin Kern, que terminou os 115 km da prova em 14:15:23.

O melhor português foi Nélson Santos, atleta do Runners do Demo, que completou a corrida de 115 km do MIUT com o registo de 14:51:20 horas, alcançando assim o 5.º lugar.

O vencedor, Bem Dhiman, mostrou “satisfeito” com o resultado, mas garante que “não foi fácil” apesar da grande diferença em relação ao 2.º classificado. Fez elogios ao MIUT e coloca a possibilidade “de voltar” à Madeira no próximo ano.

Já o melhor português, Nélson Santos, ficou “maravilhado com tudo o que viu na Madeira”, destacando “a excelente organização da prova”. “Foi realmente uma experiência incrível”, referiu o atleta luso.

- Pub -

Últimas