Zainadine deu a palavra como ficava no Marítimo

Foto: Hélder Santos

Não faltaram interessados no concurso de Zainadine durante este defeso. Mas o atleta revela que já havia dado a palavra ao Marítimo e quis mantê-la.

Reforço de Janeiro, Zainadine mostrou que a sua polivalência é importante para o coletivo, mas será como central que deverá se fixar este ano, após a saída de Raul Silva.

Zainadine disse que não foi difícil ficar no Marítimo. Foi de férias com esse objectivo e com a palavra dada nesse sentido. E não voltou atrás apesar de ter recebido propostas de outros clubes

Noutro plano, disse que ainda é cedo para avaliar se a equipa está mais forte com os novos reforços. Lembrou que saíram jogadores influentes e que será preciso esperar pelos jogos para aferir que tipo de mais-valias chegaram à equipa, embora esteja a gostar desta primeira impressão.

Deixe um comentário