União da Madeira vence Académica com dois golos de Luan e um de Júnior Sena

Foto: Hélder Santos

O União da Madeira venceu hoje a Académica por 3-0, em jogo da terceira jornada da II Liga portuguesa de futebol, disputado no estádio do Centro Desportivo da Madeira, na Ribeira Brava.

Os insulares materializaram a sua superioridade neste jogo com dois golos de Luan e outro de Júnior Sena, numa partida em que a Académica jogou alguns minutos da primeira parte e toda a segunda em inferioridade numérica, por expulsão de Brendon, por acumulação de cartões amarelos.

Numa primeira parte interessante e com muitos motivos de interesse, a Académica começou melhor. Logo aos dois minutos, uma incursão pela direita de Chiquinho propiciou a Marinho a primeira ocasião, valendo um corte oportuno de Tiago Moreira. Dois minutos volvidos, Ki, na marcação de um livre, obrigou Tony a uma defesa apertada.

Contudo, foi o União da Madeira a chegar ao golo, à passagem dos 13 minutos, através de Luan, na recarga a um remate à barra de Sidy Sagna.

A Académica reagiu e, aos 24 minutos, Zé Tiago ‘disparou’ de longe, com a bola a desviar ainda na barra. O jogo estava aberto e, aos 27 minutos, Tony esteve seguro a suster um remate de Zé Tiago.

Em jogo aberto, aos 41 minutos, a equipa de Coimbra sofreu uma forte contrariedade, com a expulsão de Brendon por acumulação de amarelos.

Ao intervalo, Ivo Vieira trocou Marinho por Luisinho e Tozé Marreco por Donald Djoussé na procura de dar outra frescura ao seu ataque. Todavia, foram os madeirenses a dilatar a sua vantagem, num rápido contra-ataque conduzido e finalizado por Júnior Sena.

O União da Madeira ganhava agora ascendente e aos 63 minutos, Rodrigo Henrique após solicitação de Mica, rematou desenquadrado com a baliza. Dois minutos volvidos, foi Luan que isolado não ultrapassou a oposição de Ricardo Ribeiro. Contudo, no minuto seguinte, os madeirenses consolidaram a sua vantagem, com Luan a concluir perante a baliza deserta, um toque em habilidade de Júnior Sena sobre Ricardo Ribeiro.

O jogo estava muito complicado para a Académica, com o União da Madeira pese o desnível no resultado, a nunca baixar a intensidade de jogo. Aos 73 minutos, Ricardo Ribeiro com uma grande defesa, negou o golo a Rodrigo Henrique.

Deixe um comentário