Tribunal dá razão ao União da Madeira

Foto: União da Madeira
É mais uma caso a caminho no futebol português
Caso das alegadas inscrições irregulares de jogadores pelo vitória de Setúbal na época passada volta a ser reaberto.

Assim determinou o tribunal arbitral do desporto que deu razão a a uma participação apresentada pelo União da Madeira.

Determina  o tribunal arbitral que por ausência de instrução seja revogada o arquivamento do processo disciplinar aprovada pelo conselho de disciplina em 12 de Julho de 2016.

O auto segundo o despacho do colégio arbitral volta assim à federação para que este conselho retome o que chamam de tramitação disciplinar.

Significa isto que todos os factos participados ou seja inscrição irregular de jogadores terá que novamente investigada para apuramento dos factos consequente defesa por parte do Vitória de Setúbal

Deixe um comentário