Rampa da Matur a 29 de abril com 33 inscritos

Nesta conferência de imprensa, o vice-presidente da AMAK, Fernando Spínola, fez saber que a FPAK (Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting) foi sensível ao que lhe foi transmitido ao presidente do organismo, Manuel Mello Breyner, na ultima visita à Madeira, onde a AMAK (Associação Madeirense de Automobilismo e Karting) e Pedro Araújo, diretor da FPAK, alertaram para os elevados custos das Super Especiais das Rampas do calendário da AMAK.

Sendo assim e com efeitos retroativos à data da primeira rampa de 2017, que foi a Rampa da Ponta do Sol a 11 de março, a FPAK decidiu reduzir em 50% os custos de uma Super Especial, desde que a prova esteja sempre associada a uma Rampa no dia seguinte.
Por outro lado, ficou-se também a saber, pela voz de Fernando Spínola, que Pedro Calado suspendeu as funções de presidente da AMAK até que sejam realizadas as eleições da FPAK. Como Pedro Calado faz parte da lista de Ni Amorim ao próximo ato eleitoral da Federação, pediu o presidente do organismo madeirense a suspensão das suas funções.
A AMAK continuará a trabalhar, como tem vindo a fazer, com os restantes membros da direção.

Deixe um comentário