«O balanço faço com os meus dirigentes, não é na televisão»

Foto: GREGORIO CUNHA/LUSA

Foi um Costinha de poucas palavras aquele que analisou a goleada sofrida em casa diante do FC Porto, por 0-4, e que ditou a descida de divisão dos insulares.

 

«Preparámos uma estratégia para surpreender o FC Porto e, se tivéssemos feito aquele lance desperdiçado de baliza aberta, o jogo podia ter sido diferente. Foi uma claríssima ocasião de golo e logo depois o FC Porto, numa bola parada bem executada pelo Alex Telles, marcou. A partir daí, com jogadores de grande qualidade do outro lado, tudo ficou muito difícil. Descida? O balanço da época tenho de o fazer com os meus dirigentes, não é na televisão. O meu futuro só a mim me diz respeito», esclareceu o técnico na Sport TV.

 

DEIXE UMA RESPOSTA