Novo treinador do Nacional diz-se motivado para inverter início “aquém das expectativas”

Foto: DR

Rui Borges é o novo treinador do Nacional. O técnico transmontano foi oficialmente apresentado, esta manhã, no Estádio da Madeira, e embora admitindo que a posição na tabela não é a mais confortável, a confiança nos objetivos do clube mantem-se.

Ladeado pelos seus adjuntos e pelo presidente do clube, o novo treinador agradeceu a confiança numa equipa técnica “ainda em início de carreira”.

“Sabemos das dificuldades que vamos encontrar, mas estamos motivados”, assegurou, prometendo uma “equipa dinâmica, proativa e que pratique bom futebol”.

O treinador de 40 anos deixou esta semana o comando técnico da Académica de Coimbra, equipa que ocupa o último lugar da tabela na II Liga, com dois empates e quatro derrotas em seis jornadas. Algo que Rui Borges relativiza.

“É sinal que estão atentos ao percurso que está para trás e não apenas ao momento atual”, notou.

Já o presidente Rui Alves destacou a necessidade de mudança e admitiu até que o novo treinador já tinha sido um dos nomes ponderados para assumir a equipa no início da temporada.

“Um candidato à subida não se pode encontrar na situação em que se encontra o Nacional à sexta jornada, muito aquém das expectativas”, frisou.

Deixe um comentário