Nacional vai elaborar exposição ao Conselho de Arbitragem

Foto: DR

No final do encontro frente ao Covilhã, o presidente do Nacional, Rui Alves, criticou duramente a arbitragem, avançando que o Nacional vai elaborar uma exposição a entregar ao Conselho de Arbitragem.

O dirigente surgiu na sala de imprensa, no lugar de Costinha, exibindo revolta por um penálti não assinalado a favor do Nacional, no início da partida.

“Em 23 anos de dirigismo, pretendo sempre imprimir um certo recato nestes assuntos, mas não posso calar hoje a minha revolta. Isto não é normal”, disse, referindo o penálti que deveria ter sido assinalado, na sua opinião, lembrando outro lance na semana passada com o Famalicão, passível de grande penalidade, que não foi assinalado.

Lembrou também um penálti assinalado favorável ao Arouca, no Estádio da Madeira, que classificou de “rídiculo”.

Face a estes acontecimentos, o Nacional elaborará a exposição, apelando ao bom senso dos árbitros.

“Tenho dificuldade em classificar esta arbitragem”, disse, afirmando que o Nacional será superior a estes factos e conseguirá a promoção à I Liga.

“Neste momento não consigo calar a minha revolta. Parece que há uma nuvem nesta liga nos bastidores”, afirmou.

Deixe um comentário