Matheus Costa garante que todos os jogos do Marítimo “são finais”

Foto: DR

O defesa do Marítimo, Matheus Costa disse ontem que a receção ao Arouca para a 10.ª jornada da I Liga de futebol vai ser uma final, como todos os jogos do atual lanterna-vermelha do campeonato.

O Marítimo retomou ontem as visitas pelas escolas da Ilha da Madeira, começando na presente temporada pela Escola Da Torre em Câmara de Lobos, com um grupo composto pelo técnico João Henriques, Matheus Costa, André Vidigal, Edgar Costa e Telma Encarnação.

O jogador brasileiro, que atua no eixo defensivo, foi o escolhido para prestar declarações à comunicação social, nas quais abordou a receção ao Arouca, prevista para domingo, às 15:30.

“Vai ser mais um jogo, mais uma final. Para nós todos os jogos são finais”, destacou Matheus Costa, admitindo que o emblema que ocupa a última posição na classificação com apenas um ponto somado “está a passar uma fase difícil, mas que está confiante e tem trabalhado ao máximo para reverter a situação”.

O defesa esteve afastado dos relvados praticamente durante um mês devido a uma lesão muscular, tendo falhado os embates ante o Gil Vicente, Benfica e Casa Pia. Na última ronda da I Liga, entrou aos 76 minutos no Estádio do Bessa, encontro em que os ‘verde rubros’ somaram o primeiro ponto na competição ao empatar a uma bola.

O jogador natural de Minas Gerais, que foi opção inicial do técnico João Henriques no último jogo que determinou a eliminação do Marítimo da Taça de Portugal pelo Mafra (4-2, no prolongamento), da II Liga, admitiu que o momento atual gera “um ambiente diferente”.

“Sentimos um pouco mais de pressão, mas um jogador profissional tem de saber lidar com isso”, reforçou o atleta de 27 anos.

Quando questionado sobre o possível regresso de Zainadine às opções, estando o internacional moçambicano já integrado nos treinos, após, à semelhança de Matheus Costa, ter estado entregue ao departamento clínico com um problema muscular, respondeu que “será mais um para ajudar”.

“Ele já voltou e será mais um para ajudar. O Zainadine é o nosso central com mais experiência, mas todos são importantes”, afirmou o jogador que cumpre a segunda temporada de ‘leão’ ao peito.

O Marítimo, último classificado, com um ponto somado, recebe no domingo, às 15:30, o Arouca, que se encontra na 10.ª posição, com 12 pontos, para a 10.ª ronda da I Liga de futebol.

Deixe um comentário