Marítimo tem sido alvo de ameaças, revela Carlos Pereira

Foto: DR

Em entrevista ao jornal ‘A Bola’, o presidente do Marítimo queixa-se de o clube ser alvo de ameaças.

Carlos Pereira explica que os clubes pequenos têm de “mendigar permanentemente” aos grandes clubes. “Quase todos os clubes estão reféns dos grandes, só que não reconhecem isso publicamente. Têm medo de transmitir essa hipoteca aos clubes grandes. Contudo, as ameaças ainda continuam de forma permanente”, comenta o dirigente.

Questionado sobre se o Marítimo está incluído nesse grupo de clubes que é alvo de ameaças, Carlos Pereira foi claro: “não tenho dúvidas em relação a isso. Aliás, costumo dizer que caso a ameaça matasse, o Marítimo já estava morto há muito tempo”.

Sobre que tipo de ameaças, o responsável respondeu que “frente a frente, não dizem nada, mas por interpostas pessoas ficamos a saber que … ‘ele um dia vai pagar essa fatura’. Contudo, quem trabalha em prol de um objetivo e trabalha desinteressadamente sem pensar no valor salarial, tem mais poder de decisão”. Como tal, Carlos Pereira garante que ignora essas mesmas ameaças.

Deixe um comentário