Marítimo ameaça impugnar I Liga caso não jogue na Madeira

Foto: DR

Briguel lembrou que o Estádio do Marítimo é de nível 1 e que a pandemia de Covid-19 tem tido menor registo na Madeira, além do confinamento dos atletas e da credibilidade da prova.

“Temos todas as condições. Aqui, na Madeira, não há grandes casos e está tudo controlado. Nós vamos ter de nos deslocar para o Continente, com os jogadores presos dentro de um hotel. Estamos a tentar proteger também a questão dos jogadores, como também da verdade desportiva, que desvirtua totalmente o campeonato em Portugal”, comentou.

A I Liga regressa em 04 de junho e o parecer técnico da Direção-Geral da Saúde (DGS) pretende que decorra no menor número de estádios possível.

Após a declaração de pandemia, em 11 de março, as competições desportivas de quase todas as modalidades foram disputadas sem público, adiadas – Jogos Olímpicos Tóquio2020, Euro2020 e Copa América -, suspensas, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais, ou mesmo canceladas.

Os campeonatos de futebol de França e dos Países Baixos foram cancelados, enquanto outros países preparam o regresso à competição, com fortes restrições, como sucede na Alemanha, Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal, que tem o reinício da I Liga previsto para 04 de junho.

Deixe um comentário