Marco Freitas vai treinar o futsal de São Roque do Faial

Foto: DR

Durante a tarde de quinta-feira noticiamos aqui que Marco Azevedo deixou o comando técnico do futsal da AD São Roque do Faial, sinal do mal-estar vivido.
Também então foi levantada a possibilidade de Marco Freitas vir a substituí-lo e a verdade é que passadas poucas horas tal estava confirmado. Inclusive com a presença desse técnico no treino da noite da equipa que milita na III Divisão Nacional.

Sinal de que pelo menos não houve surpresa pela posição de Marco Azevedo. O que, aliás, fazia antever por contactos entretanto havidos com possíveis novos jogadores para integrarem o plantel…

Marco Freitas esteve nas últimas épocas ao serviço do CD Nacional, foi mesmo dada como certa a sua continuidade esta temporada mas quando tal não se confirmou a sua disponibilidade surgiu junto de outros clubes. Meses depois eis que chega ao comando técnico da AD São Roque do Faial, equipa que milita na III Divisão tal como o CD Nacional.
Na foto, o presidente do clube, José Dória, com o novo treinador.

Marco Azevedo deixou o clube por divergência com o projeto
Marco Azevedo já não é treinador de futsal da AD São Roque do Faial. Ao que se sabe, divergências no modo de encarar o projeto do clube que tem a modalidade no Campeonato Nacional da III Divisão Nacional, terão estado na origem deste divórcio.

Situações que se arrastavam há algum tempo, porventura agravadas pelos resultados da equipa, ainda sem qualquer vitória nos três jogos disputados.
No entanto, na época passada a situação era praticamente idêntica e o São Roque do Faial acabou a temporada descansadamente na III Divisão, Aliás, Marco Azevedo estava há seis épocas nesta última passagem pelo clube, e depois de, no primeiro ano, ter conseguido o título de campeão da Madeira, sempre atingiu a meta da manutenção.

Pelo meio conquistou, ainda, uma Supertaça da Madeira, frente ao Marítimo – nas últimas épocas estes dois clubes foram impedidos pela AFM de participar nesta prova.

Acompanhe os jogos e resultados em 22 Bet

Ponta do Sol fica com duas equipas de Futsal
Um grupo de seis atletas que na última época representaram o futsal da AD Pontassolense na Divisão de Honra da AFM, vai continuar na modalidade mas agora participando no Torneio da ACAPORAMA, ou seja, uma competição que reúne Casas do Povo.

Ao que se sabe, esses elementos, naturais da Ponta do Sol, não se mostraram agradados com a nova realidade do clube no que toca ao futsal e juntaram-se na representação da Casa do Povo da Ponta do Sol, ganhando o Torneio da ACAPORAMA mais uma equipa – o ano passado foram 14 mas para esta época, com início no final deste mês, há a possibilidade de mais alguma.

Futsal CDR Santanense transfere-se para o Futebol da UD Santana
O CDR Santanense não se apresenta esta época nas provas de futsal da AFM, tendo os seus (ex-)atletas se transferido para o futebol da UD Santana.
Uma situação, ao que se sabe, concertada entre as duas agremiações daquela cidade, sendo que a UD Santana participa no Campeonato Regional da 1ª Divisão de Juvenis – na prática, o segundo escalão da categoria -, com uma formação bastante jovem. Dos 14 jogadores inscritos, só 8 são juvenis, sendo os restantes 6 iniciados.
Neste momento, com 2 jogos disputados, a UD Santana apresenta duas derrotas (0-49 em golos). Mas, claro, isso não é o mais importante.

Marquinhos Gomes lidera o novo projeto da AD Pontassolense
O conhecido futsalista madeirense, com presenças nos principais clubes da modalidade e com um currículo assinalável, é o principal mentor do novo projeto de futsal da AD Pontassolense. Clube que já representou na época passada, mas sem a responsalidade de agora.
Por aquilo que se sabe, Marquinhos formou o plantel e também vai estar no plano técnico, embora aqui a orientação seja de um treinador com formação – aquele vai, agora, tirar o Nível 1.
O plantel da época passada da AD Pontassolense ficou reduzido a seis elementos – os guarda-redes Jimmy e Alveno, a que se acrescenta os jogadores de campo Maurício Vieira, Rafa, Saúl Pestana, Marquinhos – perlo que houve a necessidade de recrutamento de alguns elementos. Para já, estes: Gustavo (ex-Bairro da Argentina), Fábio Camacho (ex-Bairro da Argentina
Nuno Cró (ex- Bairro da Argentina), João Paulo (ex-Bairro da Argentina), Pipo (ex-Nacional e Litos (ex-Porto Moniz).

Deixe um comentário