Jaime: «Estamos no bom caminho e só faltou o golo frente ao Varzim»

Foto: Hélder Santos

Com Kusunga e Tiago Ferreira lesionados, o técnico do União, Jorge Casquilha, lançou uma nova dupla de centrais: Jaime e Allef. O capitão Jaime foi hoje o porta-voz do grupo de trabalho unionista. E começou por recordar a derrota injusta com os poveiros: “Foi ingrato pelo trabalho que realizámos dentro co campo. Todos viram isso e nós jogadores, sentimos que fizemos um bom jogo, não tão bom como o que desejaríamos, pois tínhamos que meter a bola dentro da baliza, o que não aconteceu. Tivemos a infelicidade de sofrer um golo, num grande remate. Continuamos no bom caminho, vamos continuar a trabalhar e tentar marcar golos, pois foi o que faltou frente ao Varzim”. Depois, negou que a sua equipa tenha acusado alguma pressão por ter de vencer para ultrapassar os nortenhos na tabela classificativa: “Poderíamos passar para o terceiro lugar, já que teríamos mais um jogo que o Varzim. Essa pressão temos enfrentado em toda esta segunda volta. Temos pensado sempre jogo a jogo e se acusasse-mos essa pressão, não teríamos jogado como jogámos. Criámos muitas oportunidades de golo, só que infelizmente não as concretizámos”.

Jogando na Ribeira Brava, a tarefa dos azuis e amarelos tem-se revelado mais complicada, pois os adversários arriscam pouco. “Começam a ser jogos mais diferentes, pois as equipas que jogam aqui, fazem-no com blocos mais baixos e isso obriga-nos a assumir mais o jogo. Se marcamos cedo isso ajuda a desbloquear. Jogam aqui para o pontinho”, disse o central.

Sporting B tem qualidade individual

Na próxima jornada, os madeirenses deslocam-se ao reduto do Sporting B, em mais um embate complicado. “O Sporting é uma equipa jovem, como todas as equipas B, tem muita qualidade individual e penso que não perdem há sete jornadas. Nós também não perdíamos há 10… São duas equipas em bom momento, com o Sporting a ter muita qualidade individual. Se formos unidos como temos sido, acho que poderemos vencer em Alcochete e somar mais 3 pontos”, afirmou.

Quanto ao regresso à titularidade, Jaime foi direto: “Estou contente, trabalho diariamente para jogar e ser titular ou não, é uma decisão do treinador. Estou bem em termos físicos e vou continuar a trabalhar para ser opção”.

Deixe um comentário