«Isto é futebol? Se é disto que gostam…»

Foto: DR

Luís Freire, treinador do Nacional, mostrou-se bastante crítico em relação às condições do relvado do Estádio Nacional, onde a equipa madeirense perdeu este sábado com o Belenenses SAD, por 1-2, na jornada 20 da Liga.

«Num lance em que um jogador do Belenenses SAD está dois ou três metros fora de jogo, que é fácil de ver, vai disputar a bola com o meu jogador e o árbitro dá grande penalidade. E basicamente decide-se o jogo assim. Era difícil decidir de outra maneira, ou era num lance deste estilo, ou numa bola parada, ou num lance em que a bola prendia na relva. Foi o jogo possível, a minha equipa entregou-se completamente ao jogo. Era impossível jogar um futebol ligado e apoiado», constatou, em conferência de imprensa.

«Eu já joguei em competições distritais, estamos numa liga profissional e temos de jogar assim… O que querem que diga sobre isso? É ver as condições do relvado. Isto é bom para o espetáculo? Isto é futebol? É lutar no ar, apelar à união, ao sacrifício e à entrega, era o que eu fazia há sete anos. Se é isto que as pessoas gostam, nós jogamos onde for…», rematou Luís Freire.

 

Deixe um comentário