Giandomenico Basso na Madeira para tentar lutar pela 5ª vitória no Rali Vinho Madeira

Foto: Carlos da Silva

O piloto italiano de 44 anos, Giandomenico Basso, será esta quarta-feira oficializado pela organização na conferência de imprensa agendada para as 18:30, para divulgação das equipas que vão participar na edição número 59 do Rali Vinho Madeira.

A participação do experiente piloto tem vindo a ser negociada e tratada por estes dias.

Giandomenico Basso é um profundo conhecedor da prova madeirense. São tantas as presenças do italiano na Madeira que faz do piloto um “expert” em termos de rali Vinho Madeira e é dos poucos pilotos que consegue fazer frente aos pilotos locais.

Esta quarta-feira Paulo Fontes anuncia os detalhes da participação do piloto italiano que participará com um carro tão competitivo como no ano passado, tentando lutar pela 5ª vitória na prova.

É um problema comum para Paulo Fontes e seus pares , a falta de verba para ajudar a dar outro calibre à lista de inscritos, tentado fazer pilotos com nomes sonantes para a prova. É que há ainda muitos adeptos que valorizam a presença de pilotos com nome estrangeiro, mas como a prova não conta para o Campeonato da Europa, a organização tenta compensar esse facto com ajudas na logística das equipas.

Craig Breen é um nome que consta em cima da mesa organização. Piloto que adquiriu recentemente um Citroen C3 R5, que segundo conseguimos apurar está pendente da entrega do carro. A equipa contactou mecânicos no sentido de estarem na Madeira para o rali mas os custos são elevados.

Isso mesmo confirmou Paulo Fontes à RTP, mas são muitas “dores de cabeça” por estes dias devido aos custos da logística das equipas (transportes dos carro, diverso equipamento, estadias e viagens) o dinheiro não chega. É porque a segurança da prova (PSP, Bombeiros, equipas médicas e demais pessoal) também consome grande parte do orçamento da mais importante prova madeirense de automobilismo.

Deixe um comentário