Federação de Voleibol elimina CS Marítimo e CS Madeira da Taça de Portugal

Foto: DR

A Federação Portuguesa de Voleibol decidiu eliminar o CS Madeira (seniores femininos) e o CS Marítimo (seniores masculinos) dos jogos dos oitavos-de-final da Taça de Portugal 2020/2021.

Estes jogos tinham como data oficial para a sua realização os dias 30 e 31 de janeiro, mas fruto de uma negociação entre a Associação de Voleibol da Madeira, os Clubes e a Federação Portuguesa de Voleibol, os mesmos foram adiados para os dias 13 e 14 de fevereiro.

Sucede que, com a Resolução n.º 69/2021, de 29 de janeiro de 2021, do Governo Regional da Madeira, as medidas de confinamento foram prorrogadas até ao dia 21 de fevereiro 2021, impossibilitando a realização dos jogos nos dias 13 e 14 de fevereiro.

A Associação de Voleibol da Madeira e os próprios clubes tentaram arranjar uma solução que viabilizasse a sua participação na Taça de Portugal, mas a Federação Portuguesa de Voleibol entendeu não haver condições para reagendar novamente os jogos, dada a incerteza de um novo prolongamento da suspensão competitiva para os clubes madeirenses, refere nota da Associação de Voleibol da Madeira enviada às redações.

O sorteio ditou que o CS Marítimo (sen. masculinos) iria visitar a A.A. Espinho, enquanto o CS Madeira (sen. femininos) recebia o Lusófona VC.

Face ao exposto, os Clubes representantes da Região Autónoma da Madeira foram eliminados dos oitavos-de-final da Taça de Portugal 20/21 pela Federação Portuguesa de Voleibol, contudo sem qualquer tipo de penalização.

Deixe um comentário