«Estamos muito tristes, mas não vamos atirar a toalha ao chão»

Foto: DR

Milton Mendes, treinador do Marítimo, reconheceu que a derrota frente ao Estoril foi golpe muito duro.
«É um golpe muito duro. Fomos fortes, fizemos o golo, jogámos bem, tivemos oportunidades para matar o jogo e levámos um golo nos últimos segundos. Os jogadores sentiram muito isso e tentei levantá-los, mas o Estoril foi maduro no prolongamento e dou-lhes os parabéns. Mostraram porque estão no primeiro lugar da Liga 2. Vamos levantar a cabeça e tentarmos o mais rapidamente possível estancar o sangue. Temos de seguir em frente. Estamos muito tristes, mas não vamos atirar a toalha ao chão.», disse na habitual flash interview.

«Podíamos ter matado o jogo, tivemos três oportunidades claras para marcar e fomos penalizados aos 90+7 minutos, ainda não entendi de onde veio tanto tempo de compensação. Mas vamos pensar no campeonato. Não creio que foi demérito nosso, mas sim mérito do Estoril», vincou.

 

Deixe um comentário