«Em Manchester tivemos de ensinar Ronaldo a ser jogador de equipa»

Foto: DR

Adjunto de Sir Alex Ferguson durante muitos anos, Mike Phelan destacou, à página de YouTube The Coach Manual, as superlativas qualidades que Cristiano Ronaldo demonstrou nas temporadas em que vestiu a camisola do Manchester United.

«O Cristiano queria a nossa atenção, queria sempre mais e mais conselhos dos adjuntos. Era como uma esponja e isso desafiava-nos também. Tivemos de o ensinar a ser um jogador de equipa e ele conseguiu. Nos treinos, obrigávamo-lo a fazer certas coisas que não queria.

– Especialmente depois de atingir o topo e se transferir para o Real Madrid, observando os jogos deles, víamos muitas coisas que tinha ‘apanhado’ no United. Era a transição dele para o patamar de excelência. Não me gabo de ter sido um dos criadores do Cristiano Ronaldo, há muita gente que teve influência no crescimento dele. Mas a maior foi ele próprio», analisou Phelan.

 

Deixe um comentário