Declarações de Pedro Ramos causam “estranheza e apreensão” no Nacional

Foto: DR

O Nacional, veio há pouco explicar o porquê da ‘dispensa’ de Vincent Thill para representar a seleção do Luxemburgo, assegurando que com base na portaria em vigor “o CD Nacional, Futebol SAD, decidiu não autorizar a ida dos seus atletas às respetivas seleções nacionais, uma decisão tomada com base nos regulamentos da FIFA e em defesa das razões de saúde pública que fundamentaram a referida portaria”. Nesse sentido, as declarações de Pedro Ramos, afirma o Nacional causam “estranheza e apreensão”.

Mais, os ‘alvinegros”, asseguram que “na sequência dos contactos entretanto efetuados pela Federação de Futebol e pelo Governo do Luxemburgo junto dos seus homólogos portugueses, a secretaria regional da Educação, Ciência e Tecnologia assumiu perante a Federação de Futebol do Luxemburgo, que a situação estava resolvida e que o atleta Vicent Thill não teria de cumprir a quarentena obrigatória aquando do seu regresso à Região”.

Em outro dos pontos do comunicado, o Nacional explica que a “esta garantia, dada por escrito, levou a FIFA a determinar a obrigatoriedade da ida do atleta à Seleção, sendo o CD Nacional, Futebol SAD e o próprio jogador informados de que caso este não fosse à Seleção arriscavam-se (clube e jogador) a sofrer sanções”, pode ler-se.

No mesmo documento adiantam os ‘alvinegros” e perante esta situação “e apesar da sua manifesta estranheza pelo facto de um assunto sob a tutela da Saúde (que não respondeu ao pedido de esclarecimento feito pelo clube) estar a ser decidido pela secretaria da Educação, Ciência e Tecnologia, o CD Nacional, Futebol SAD libertou o jogador, que seguiu viagem ontem de manhã para Dublin, onde irá jogar hoje pela Seleção do Luxemburgo”.

Nesse sentido, pode ler-se no mesmo documento, “as declarações do senhor secretário da Saúde, causam assim grande estranheza, e enorme apreensão”, pelo que “perante isto, fica pois a dúvida sobre o que irá acontecer aquando do regresso do atleta à Madeira, arriscando-se pois o CD Nacional, Futebol SAD a ficar impedido de contar com a prestação de um dos seus principais elementos, ainda para mais numa altura decisiva da temporada, onde cada ponto pode fazer a diferença na luta pela permanência na I Liga”, lê-se.

Deixe um comentário