Daniel Ramos mais preocupado com valor do Dínamo Kiev do que com viagem à Ucrânia

Foto: DR

O treinador do Marítimo, Daniel Ramos, destacou hoje a qualidade do Dínamo Kiev, adversário dos insulares nos ‘play-offs’ de acesso à fase de grupos da Liga Europa de futebol.

Na reação ao sorteio, realizado hoje em Nyon, na Suíça, o técnico disse que calhou um dos piores cenários possíveis ao Marítimo, que acabou de eliminar os búlgaros do Botev Plovdiv, e que a viagem à Ucrânia, na segunda mão, não é a maior preocupação na eliminatória.

“Em teoria, a par do AC Milan, é a equipa mais forte que nos poderia ter calhado. Além disso, teremos de fazer uma longa viagem, mas, mais que isso, preocupa-nos a valia do adversário”, afirmou, em declarações ao sítio oficial do clube madeirense na Internet.

Daniel Ramos lembrou que o Dínamo chegou a esta fase proveniente da Liga dos Campeões, tendo sido eliminado pelos suíços do Young Boys e que os ucranianos já se encontram numa fase mais adiantada da temporada, liderando o campeonato, com três vitórias em outros tantos jogos.

“Será, como todas as pessoas perceberão, uma eliminatória muito, muito difícil, perante uma equipa que comanda o campeonato da Ucrânia e que apostou ainda mais forte esta temporada”, referiu.

Na primeira mão, o Marítimo recebe o Dínamo Kiev no Funchal, a 17 de agosto, e desloca-se à Ucrânia para o segundo jogo, uma semana depois, a 24.

Deixe um comentário