Carlos Pereira fala em “desfecho justo” por jogar nos Barreiros

Foto: csmaritimo

Carlos Pereira, presidente do Marítimo, confirmou que o clube jogará as partidas como visitado na Madeira, em declarações ao JM, referindo o desfecho como “justo”.

“Foi uma decisão justa e de pleno direito. Quero realçar o diálogo entre a DGS, IASAÚDE, Governo Regional e Federação no sentido de ultrapassar a logística no aeroporto que se prendia com a quarentena obrigatória. Foi chegado à conclusão de que estavam reunidas as condições, ultrapassando essa barreira”, explicou ao nosso Jornal, acrescentando que os jogadores são testados regularmente e poderão por isso deslocar-se à Madeira para competir.

Carlos Pereira revelou que acreditou sempre neste desfecho, confirmando que o Marítimo recebeu o aval de DGS, FPF e Liga.

Deixe um comentário