Carlos Pereira alvo de processo disciplinar

Foto: DR

Foi “Instaurado processo disciplinar, por decisão do Presidente do Conselho de Disciplina, de hoje, a agente desportivo, tendo por base participação disciplinar”, informa um comunicado da FPF..

O processo foi enviado, ainda hoje, à Comissão de Instrutores da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, mantendo-se em segredo até ao fim da instrução, refere ainda a mesma nota. O Conselho de Disciplina da FPF anunciou esta quinta-feira a abertura de um processo disciplinar a um agente desportivo. Trata-se de Carlos Pereira, presidente do Marítimo, anunciou o jornal ‘O Jogo’.

Ao que tudo indica, o inquérito é devido às declarações que o dirigente do clube insular tem vindo a fazer face à forma como está a ser anunciada a retoma da I Liga. Segundo Carlos Pereira, as criticas vão em especial a forma como o assunto foi tratado na reunião entre António Costa, primeiro-ministro, e os presidentes da Liga, FPF, Benfica, FC Porto e Sporting.

O Marítimo arrisca-se a jogar todos os jogos fora da Região, segundo um dos planos da Liga, um plano que já foi alvo de várias críticas de Carlos Pereira, que acha que o estádio do Marítimo tem todas as condições para receber os jogos da equipa em casa.

Deixe um comentário