Calado acusa organização de falta de diálogo

Foto: DR

Recorde-se que a «Maratona do Funchal» esteve envolta em alguma polémica, depois o presidente da câmara, Pedro Calado, ter questionado o encerramento de ruas no centro da cidade para a realização da prova, e de Policarpo Gouveia ter vindo dizer que «ninguém fica preso em casa por causa da maratona».

Pedro Calado disse ainda que é possível organizar eventos desta natureza, conciliando com os interesses de toda a população.

Apesar da polémica, o presidente da Câmara do Funchal fez um balanço positivo ao evento que recebeu grande adesão e tem, por isso, lugar na cidade do Funchal.

Deixe um comentário