Alexandre Camacho líder do RVM após a primeira etapa

Foto: DR

A dupla Alexandre Camacho/Pedro Calado venceu nove das 11 Provas Especiais de Classificação (PEC) dos dois dias de RVM, numa etapa que fica marcada pelo abandono de Basso, devido a um problema grave na viatura, e pelos despistes de Pedro Meireles (Skoda Fabia) e do madeirense João Silva (Citroën DS3 R5).

Na PEC 2 (Campo de Golfe 1), Alexandre Camacho levou a melhor e foi mais rápido (00:07:00,1). O segundo e terceiro lugares pertenceram também a dois madeirenses, com João Silva a fazer o segundo melhor tempo (00:07:04,3), seguido de Miguel Nunes (00:07:04,8). O rali recomeçou muito mal para Basso (2.ª PEC) que não chegou ao final desta classificativa, devido a um furo e a um problema maior que, segundo a sua equipa, poderá ser a transmissão partida.

Na PEC3 (Palheiro Ferreiro 1), Alexandre Camacho voltou a ser mais veloz, fazendo a prova em 00:12:06,4. Miguel Nunes, também com um ritmo muito forte, foi segundo (00:12:13,1), com Armindo Araújo no encalce (00:12:19,5). Nesta prova, João Silva teve um percalço, bateu com um dos pneus da viatura numa levada. Como pensava que o pneu tinha furado, perdeu muito tempo e não foi além da 6ª posição. No final desta segunda secção, Alexandre Camacho lidera na geral.

Após acidente na PEC 5, envolvendo a viatura da dupla João Silva / Vítor Calado, os carros que não iniciaram a prova seguiram desviados por percurso alternativo para reagrupamento. Os concorrentes que estavam dentro da PEC seguiram em ligação para o reagrupamento. Depois, foi atribuído um tempo a todos os concorrentes. Quanto à dupla madeirense envolvida no acidente, foi devidamente assistida e está em estado estável no hospital, apesar do socorro ser muito demorado ao nível do transporte até às urgências.

Com o rali a norte, Alexandre Camacho venceu cinco das seis especiais e chegou líder ao Funchal, onde está situado o Parque de Assistências. Está na liderança com o tempo total de 01:15.17,3, enquanto Miguel Nunes (a 31,5) e José Pedro Fontes (a 1:23,2) são, respetivamente, segundo e terceiro. O top 5 termina com Miguel Barbosa a 1:52,6 de Camacho e Ricardo Teodósio a 2:02,1 do Skoda Fabia de Alexandre Camacho.

Deixe um comentário