União confirma ‘visita’ de agentes de execução mas critica “alarido”

Foto: DR

Em comunicado, o União confirmou há momentos a notícia avançada na edição online do JM, esta manhã, que deu conta da presença de agentes de execução na sede do clube.

A intervenção dos referidos agentes, negada à reportagem do JM, de forma brusca, pela funcionária que os recebeu, foi uma realidade reportada factualmente pelo Jornal, mas que o clube considerou um “alarido”.

Leia o comunicado na íntegra:

“Na sequência do alarido suscitado por um órgão da imprensa regional acerca da visita de um agente de execução à sede do Uniao da Madeira no dia de hoje, vimos informar que se tratou de uma diligência de citação no âmbito do processo de execução intentado pelo Tribunal Arbitral do Desporto, para cobrança da quantia de 6.071,06€ relativas a custas processuais, que corre na Comarca de Lisboa – Juízos de Execução – Juiz 8.
Conselho Administração da SAD”.

DEIXE UMA RESPOSTA