Rui Alves multado em 230 euros por ‘briga’ com Carlos Pereira

Foto: Joana Sousa

O presidente do Nacional, Rui Alves, foi condenado pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) ao pagamento de uma multa de 230 euros, mais custas de processo, na sequência de declarações que visaram o seu homólogo do Marítimo, Carlos Pereira, em 20 de julho deste ano.

As palavras que ultrapassaram os limites da “conduta conforme os princípios desportivos de lealdade, probidade e retidão”, na perspetiva do CD da FPF, foram proferidas pelo líder alvi-negro tendo como pano de fundo a contratação do médio nigeriano Alhassan, que chegou a ser apresentado como jogador verde-rubro, mas acabou depois por rumar à Choupana.

O acórdão do CD da FPF, que culminou um processo disciplinar desencadeado na sequência de uma participação da autoria de Carlos Pereira, foi votado por unanimidade, com data de 30 outubro.

Esta decisão é passível de recurso, e o mais provável é que Rui Alves vai seguir essa via.

DEIXE UMA RESPOSTA