Ronaldo nega envolvimento em caso de violação

Foto: Lusa

O agente e amigo de Cristiano Ronaldo fez questão de reagir à notícia publicada esta sexta-feira pelo alemão ‘Der Spiegel’, onde refere que o avançado internacional português violou uma jovem em 2009.

A publicação refere que são informações baseadas no ‘Football Leaks’ e que o capitão da seleção portuguesa teria chegado a acordo com a vítima e oferecido uma indemnização de 258 mil euros.

Leia o comunicado na íntegra:

“O Jornal alemão Der Spiegel publica hoje uma extensa notícia sobre uma alegada acusação de violação que, segundo se refere, teria sido feita a Cristiano Ronaldo em 2009, ou seja, há cerca de 8 anos.
Trata-se de uma peça de ficção jornalística.

A suposta vítima recusa ser identificada e corroborar a estória. E todo o enredo se baseia em documentos não assinados e em que as partes são identificadas por códigos, em emails entre advogados que não dizem respeito a Cristiano Ronaldo e cuja autenticidade ele desconhece, e numa suposta carta que teria sido enviada pela putativa vítima, mas que ele nunca recebeu.

A reportagem do Der Spiegel é falsa e Cristiano Ronaldo agirá contra esse órgão de comunicação social por todos os meios ao seu alcance. A imputação de uma violação é uma acusação nojenta e ultrajante que não pode ficar em claro.”

DEIXE UMA RESPOSTA