Paulo Oliveira venceu “Champion Porto Santo Coral 2017”

Foto: DR

Uma vez mais foi na última Prova Especial, e na derradeira formação, que se decidiu a edição do “Champion Porto Santo Coral 2017, prova inaugural da temporada automobilística no Kartódromo do Porto Santo, organizada conjuntamente pelo C.D. Portosantense e pelo C.D.Nacional, e oficializada pela FPAK.

Foi uma final emocionante, uma vez que à entrada para a 4ª PEC, a prova era comandada pela dupla Miguel Brito/Carlos Rodrigues, em Peugeot 106, que até aí tinha sido uma equipa muito regular, e que disponha de uma vantagem de 0,89 seg, do então 2º classificado Paulo Oliveira/Ricardo Oliveira (Opel Corsa A GSI).

Com uma 4ª PEC muito forte e com a viatura a corresponder, esta dupla de irmãos, acabou fazendo um tempo de 3.16,63, que passa a ser record do circuito, e que lhe deu a vitória na prova.

No 2º lugar, Miguel Brito acabou por perder para o Opel Corsa GSI de Marco Jesus/Fábio Melim, que tendo entrado mal na prova, não completando a 1ª PEC por avaria na viatura, recuperaram bem e chegaram ao 2º posto, a apenas 2,02 seg do vencedor, e relegando Miguel Brito/Carlos Rodrigues para o 3º lugar a 4,55 seg de Paulo Oliveira.

Uma vitória justa para os irmãos Oliveira, pois comandavam a prova ao fim do 1º dia, com vitórias nas duas primeiras PEC’s. Depois na 3ª prova especial Pedro Brito fazendo equipa com Luis Drumond, com uma condução espectacular, bem ao seu nível, mas desta feita não com o seu habitual Escort MK2 , mas sim com um Corsa GSI, venceu e ascendeu ao 4º lugar da geral, e levou a que Miguel Brito subisse ao 1ºlugar, para depois num último folgo, Paulo Oliveira, perante o muito público presente, arrancar para a vitória, muito comemorada no final.

Algumas outras referências especiais para a estreia de Rodrigo Brito, que fazendo equipa com Edgar Câmara, correu com o Nissan Micra que foi de Nuno Silva e que deu um espectáculo de condução, levando a pequena máquina ao 6º lugar do pódio e à vitória na Classe 1, onde o grande opositor seria o madeirense Bruno Fernandes que esteve presente com um Yaris 1.3, mas que não foi feliz, a acabando por não completar as duas últimas Pec’s, por problemas na viatura, e deste modo não se classificando.

Na prova estiveram presentes três equipas mistas, duas delas conduzidas por senhoras, sendo que a vitória foi para a dupla Vanessa Melim / André Ferreira, que estreou um Citroen Saxo e terminou no 5º posto da geral, a 7.13 do vencedor. Completaram a prova onze das dezasseis equipas inscritas.

DEIXE UMA RESPOSTA