CD Francisco Franco falta à ‘final-four’ da Taça da Madeira de futsal

Foto: DR

A equipa de futsal sénior do Clube Desportivo Escola Francisco Franco não irá comparecer na disputa da ‘final four’ da Taça da Madeira. A coletividade entende que a competição “está ferida de equidade à nascença”, dando conta de que “parte em desvantagem em relação aos adversários”.

O CD Francisco Franco refere que a Associação de Futebol da Madeira, ao serviço dos clubes, deve agir em conformidade, ouvindo todos os agentes envolvidos nesta competição.
Em forma de abaixo-assinado, o clube reage, demonstrando total desacordo “pela forma como a Associação de Futebol da Madeira alterou, voltou a alterar, agendou, definiu os horários, ignorou todos os alertas, chamadas de atenção, pedidos, solicitações para que a final-four da Taça da Madeira de Futsal não se realizasse neste fim-de-semana”.
Nesse sentido, o clube refere que “esteve sempre numa posição dialogante”, apresentando vários recursos na AFM, “apelando à melhor análise deste organismo e foi por mais de uma vez ignorado”.

Alterações “sem dar cavaco aos clubes”, é outra das ‘queixas’ da Francisco Franco, que refere que a AFM não está a proteger a modalidade, que é “campeã europeia”.

“Atendendo a que estamos todos conscientes do impacto de uma falta de comparência para os jogadores e para o clube, mas que não temos outra solução perante uma AFM que age de forma prepotente, arrogante e descabida – já que deveria estar ao serviço dos clubes (de todos os clubes!) e não dos seus próprios interesses”, refere ainda.

Recorde-se que a AFM alterou a final four para os dias 25 e 26 de maio, invocando a realização da final da Taça de Portugal em futebol para essa alteração, voltando agora atrás na decisão, mantendo a data para este fim de semana, dias 19 e 20 de maio.

DEIXE UMA RESPOSTA